REVISTA IGUATEMI – PREPARE SUAS PERNAS PARA O VERÃO

TendênciasBeleza Beleza por Equipe Editorial Iguatemi Aqui você encontra tendências e inspirações de make e cabelo para o dia-a-dia e diversas ocasiões. Por Carta Editorial Com a chegada do verão e a deliciosa vontade de curtir a praia — de biquíni — é hora de recorrer a procedimentos estéticos que podem ajudar na beleza das pernas. Livre-se da gordura localizada, celulite, flacidez e varizes! Para celulite, a grande novidade é o VelaShape III que utiliza a tecnologia de radiofrequência bipolar. “No procedimento, as células de gordura são aquecidas a uma temperatura de 42º a 45ºC provocando apoptose (morte) dos adipócitos de forma completamente segura sem queimar a epiderme”, explica a dermatologista Dra. Claudia Marçal. Número de sessões indicada: quatro sessões, uma a cada 15 dias. Já contra a flacidez da parte interna das coxas, o dermatologista Jardis Volpe indica o laser Fotona TightSculpting. “Com duas ponteiras, esse laser penetra profundamente até o subcutâneo, por isso consegue a quebra das células de gordura – matando células de gordura pelo aquecimento. A segunda ponteira é aplicada em toda região para estimular as células a fabricarem colágeno”, explica. Número de sessões: entre duas e quatro sessões quinzenais. Não suporta suas coxas muito grossas? A opção é o Total Sculptor by Power Shape, um aparelho que associa criolipólise, ultrassom microfocado, corrente de estímulo muscular, radiofrequência multipolar e criofrequência para tratar de forma efetiva a gordura localizada, promover remodelação corporal e definir o músculo. “É uma tecnologia que faz a paciente ‘malhar’ de forma passiva. Enquanto a paciente está parada, o equipamento começa a contrair e soltar o músculo várias vezes até fazer a...
Reportagem na revista Muscle in Form – Dicas para evitar risco de trombose venosa e varizes em quem trabalha sentado

Reportagem na revista Muscle in Form – Dicas para evitar risco de trombose venosa e varizes em quem trabalha sentado

Dicas para evitar risco de trombose venosa e varizes em quem trabalha sentado   Pesquisa publicada na revista  britânica The Lancet indica que quem fica sentado mais de 8 horas por dia  aumenta em 10% o risco de morte, além de ter maior propensão a desenvolver  doenças vasculares. Cirurgiã vascular do corpo clínico do Hospital Albert Einstein  dá dicas de como evitar complicações  A mesa, a  cadeira e o computador; são esses os três itens mais comuns na jornada de  trabalho da maioria dos brasileiros empregados. O problema é que trabalhar  sentado oito horas por dia (ou mais) aumenta em 10% o risco de morte, segundo  estudo publicado na revista médica britânica “The Lancet”.  “Além disso, como a panturrilha é o coração das pernas, a cada contração  muscular bombeamos o sangue e ativamos a nossa circulação. Situações onde  essa musculatura fica parada muito tempo podem causar uma retenção de líquido  nas pernas, levando a inchaço, pernas pesadas, cansadas e aumentando a  predisposição de desenvolver varizes e trombose venosa”, explica a  cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, médica do corpo clínico  do Hospital Albert Einstein. De acordo com a pesquisa, que analisou 16 relatórios sobre idosos dos EUA,  Europa Ocidental e Austrália, para cada oito horas sentado, é necessário  praticar uma hora de atividade física para resistir aos efeitos negativos  desse “sedentarismo”. “Embora muitas pessoas com a rotina de  trabalho muito pesada não tenham tempo e disposição para realizar atividade  física em outro horário, isso é necessário para que haja um desenvolvimento  da musculatura efetiva, que poderia de certa forma protegê-los dos efeitos  deletérios do trabalho sentado”, afirma a...
MATÉRIA NO PORTAL PLÁSTICA E BELEZA

MATÉRIA NO PORTAL PLÁSTICA E BELEZA

Varizes: fim das dúvidas! Publicado por Cibele Carbone em 31 de agosto de 2016 Categorias Salto alto, depilação com cera quente, musculação… Confira abaixo se alguns hábitos do nosso dia a dia podem ou não influenciar no aparecimento das varizes Por Malu Bonetto Entre os três principais fatores de risco para o desenvolvimento das varizes – veias dilatadas e tortuosas que perderam sua função causando danos estéticos e danos circulatórios – estão a genética, a idade e o sexo. “Enquanto o fator genético é preponderante, o envelhecimento é um agravante. Sem contar que, as mulheres são mais propensas ao desenvolvimento das varizes, por influência hormonal, já que têm as veias mais flácidas que os homens”, explica a cirurgiã vascular e angiologista Aline Lamaita, médica do corpo clínico do Hospital Albert Einstein. Também é preciso levar em conta alguns hábitos que podem agravar a situação como a gravidez, a obesidade e ficar muito tempo em pé ou sentado com as pernas cruzadas ou curvadas, isto porque podem comprometer a circulação. “As varizes do sistema venoso externo podem doer, arder, dar sensação de peso às pernas e tornozelos, coçar, incomodar esteticamente e, dependendo do grau, levar a úlceras varicosas”, comenta. Não existe prevenção absoluta, mas há algumas medidas para retardar o seu aparecimento ou melhorar a circulação sanguínea. Salto alto provoca varizes? Não existe consenso em literatura científica que o uso de salto alto a longo prazo possa causar varizes. Mas devemos levar em conta que alguns trabalhos sugerem que existe, sim, um prejuízo no retorno venoso com o uso do salto. Também devemos levar em consideração que seu uso contínuo causa...
VASINHOS NO ROSTO , PODEMOS TRATAR ?

VASINHOS NO ROSTO , PODEMOS TRATAR ?

Quantas vezes já não ouvi a frase : Nossa , isso tem tratamento ? Pode fazer ? Uma grande parcela da população tem vasinhos no rosto, em asa do nariz , ao redor do lábio , muitas vezes em região periorbitária causando aquela sensação escurecida ( a famosa olheira )  ou nas têmporas e testa ( aquela veia saltada ) que dá uma sensação de envelhecimento . Como uma grande parcela das pessoas não sabe que existe tratamento estético para esse tipo de lesão , passam a vida com esse incômodo sem saber que a solução simples está a um passo. Existem motivos para se desenvolver teleangiectasias e veias  de face , e vou listar alguns:  Predisposição individual. Os vasinhos podem aparecer por tendência individual, e em qualquer idade . Mesmo crianças podem ter teleangiectasias na pele. Envelhecimento. A predisposição ao aparecimento desses vasinhos aumenta com a idade. Exposição ao sol.  Que vão aparecer principalmente na face, pescoço e colo. Gravidez. O aparecimento dos vasinhos na gravidez acontece por mudanças hormonais. Podem desaparecer (ou não) após o parto. Uso de cremes à base de corticóide. Rosácea. Conforme a rosácea evolui, aparecem pequenos vasos dilatados na face. Excesso de peelings químicos Mas como tratá-los? LASER ND YAG 1064 E LUZ PULSADA A luz pulsada é capaz de tratar a grande maioria dos vasinhos de face , e é ideal pacientes com roséola , associado a tratamento dermatológico adequado . Mas o Laser Nd Yag 1064 é o que existe de mais específico para tratamento de lesões vasculares apresentando maior efetividade no tratamento . Alguns cuidados são necessários antes e depois do procedimento, como não aplicar cremes ou...